ELLANSÉ

(Procedimento não cirúrgico)

Preenchimento facial Ellansé – Medicina estética​

O sulco nasogeniano, conhecido popularmente como bigode chinês, é um tipo de ruga localizada ao redor da boca, que vai do nariz ate abaixo dos cantos dos lábios. Essa é a mais um dos sinais do envelhecimento que mais incomodam, mas existem algumas formas para minimizar o problema.

O que é bigode chinês e como ele aparece?

A principal causa do surgimento do bigode chinês é o envelhecimento, que é um processo natural da pele, que reflete na absorção do nosso osso, perda de gordura, atrofia do músculo e o desgaste do colágeno. Todas essas estruturas vão diminuindo de densidade e firmeza, e acabam culminando uma ação de vários sulcos no rosto e, entre eles, o bigode chinês.

É possível amenizar o bigode chinês através de tratamentos realizados com um médico dermatologista com a indicação de dermocosméticos e procedimentos no consultório, como o preenchimento facial, mas é importante ressaltar que o processo de envelhecimento é continuo e que esses profissionais podem torná-lo mais lento, e não interrompê-lo.

O preenchimento com o ácido hialurônico é um dos procedimentos realizados por dermatologistas, assim como a radiofrequência, infravermelho, laser, entre outros. Juntas, essas tecnologias trabalham com o objetivo de retardar o processo de envelhecimento.

 

Outro procedimento indicado para pacientes com envelhecimento facial é o lifting facial e é recomendado para pessoas com mais de 40 anos e é considerado um procedimento invasivo ao paciente. Mas vamos falar especificamente do novo preenchedor facial disponível no mercado, o Ellansé.

O que é o Ellansé?

O Ellansé é um preenchedor facial que ajuda na produção de colágeno, resultando em um efeito poderoso. Quando injetado na pele seu resultado é logo imediato, ou seja, as rugas e sucos profundos são reparados, assim como o contorno do rosto. Esse efeito é acompanhado por outro posterior, que é a produção de colágeno, chamada de néocolagenese.

Com o passar dos anos, a exposição ao sol, o consumo de bebidas alcoólicas, entre outros fatores, são responsáveis por fazer o corpo produzir menos colágeno, trazendo, assim, o surgimento rápido da flacidez e das rugas. O preenchimento do bigode chinês pode ser realizado com a utilização do Ellansé, pois é possível, com esta tecnologia, disfarçar os sinais de envelhecimento e retardar o aparecimento de novas marcas.

Além do bigode chinês, o procedimento pode ser realizado nas dobras e linhas do queixo, lifting do arco da sobrancelha, aumento e reposição do volume perdido das bochechas e queixo e até na reparação do volume e melhora na aparência das mãos. O procedimento é minimamente invasivo e sua aplicação pode ser feita em um consultório ou clínica médica. Além disso ele não é doloroso e pode ser feito apenas com anestesia local para disfarçar os incômodos da agulha. O procedimento dura cerca de 30 minutos e é realizado com agulhas bem finas.

A principal vantagem dessa técnica é o seu tempo de duração, podendo ir de 1 a 4 anos, dependendo da versão escolhida para ser usada em seu rosto. As versões disponíveis são: Ellansé-S (1 ano), Ellansé-M (2 anos), Ellansé-L (3 anos) e Ellansé-E (4 anos). Diferente do ácido hialurônico, que é um procedimento parecido com o Ellansé, porém seus resultados duram apenas dois anos.

Após a realização do procedimento é recomendado que o paciente evite banhos quentes, exercicios por 24 horas e usar bastante protetor solar, alem de não se expor ao sol por 7 dias.

É necessária uma consulta com um profissional qualificado para que ele possa avaliar em quais pontos o tratamento deve ser aplicado. Vale ressaltar que ele não é utilizado para aumento dos lábios, rugas entre as sobrancelhas e flacidez de pálpebras e, também, pode ser associado a outras técnicas.

VOLTAR

© 2019 by Dr. Danilo Dias l  Cirurgia Plástica